sexta-feira, 5 de março de 2010

UTILIDADE PÚBLICA.



Para quem viaja pelas estradas paulistas...
28 estradas de SP terão radar ''dedo-duro'' a partir de março
Equipamentos, em fase final de testes, flagram não só excesso de velocidade, como veículos com licenciamento ou IPVA atrasados
LEITURA DINÂMICA
Caminhões passam por radar na Rodovia dos Imigrantes; novos equipamentos poderão registrar as placas dos veículos
Radares equipados com dispositivos de leitura automática de placas (LAP) - 41 equipamentos fixos - entram em funcionamento em 28 estradas estaduais paulistas a partir da segunda quinzena de março. Conhecidos como dedos-duros, eles flagram não só excesso de velocidade, mas veículos com atrasos no licenciamento ou no pagamento do IPVA. Os equipamentos estão em fase final de testes no Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e já foram testados pela Polícia Rodoviária Estadual.
A previsão do governo do Estado era iniciar a operação até o fim de 2009, mas o prazo foi adiado - primeiro para o fim deste mês e agora para março.
Os veículos com irregularidade poderão, após flagrados nas imagens, ser parados poucos quilômetros à frente pelos policiais. Os radares terão um software conhecido como Reconhecimento Ótico de Caracteres, ou Optical Character Recognition, em inglês (OCR), que lê a imagem e identifica as letras e números instantaneamente.
Um sistema de troca de dados entre os consórcios operadores dos radares e o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), que vai disponibilizar um banco de informações dos veículos às empresas, possibilitará, em segundos, a identificação e o cruzamento automático de informações via rede IP (internet protocol) e o envio dos dados aos policiais, via operador de rádio, direto na viatura.
As estradas que ganharão os radares foram divididas em cinco lotes, nas áreas de cinco batalhões da Polícia Rodoviária Estadual. A divisão já prevê, desde a concorrência, o local para a instalação dos aparelhos e o ponto em que a Polícia Rodoviária abordará os motoristas.
A Rodovia dos Imigrantes terá dois radares no sentido capital, nos km 21,5 (São Bernardo do Campo) e 62 (São Vicente). As viaturas ficarão posicionadas, respectivamente, nos km 22,5 e 61,5. Os veículos apreendidos serão levados para um depósito. O governo estadual estuda criar unidades móveis do Poupatempo, ao lado desses pátios, para que os proprietários regularizem os débitos na hora.
O secretário de Transportes, Mauro Arce, afirmou que cerca de 30% dos veículos parados nas estradas de São Paulo têm algum tipo de irregularidade.
As operações dos radares ficarão a cargo dos consórcios Sitran, Engebrás, Pró Sinalização e Fiscal. Os contratos, pelos quais o governo do Estado pagará R$ 6,5 milhões, têm duração de 17 meses, com opção de prorrogação por até cinco anos.
Hoje existem 114 radares na capital com sistema de leitura automática de placas - 60 deles no centro expandido.

ONDE FICARÃO OS DEDOS-DUROS
LOTE 1

SP 55: Pe. Manuel da Nóbrega
km 292 (Praia Grande) e km 370 (Pedro de Toledo)
SP 70: Ayrton Senna km 18,7 (Guarulhos) e km 91 (S. José dos Campos)
SP 98: Mogi-Bertioga km 58,7 (Mogi das Cruzes)
SP 99: Tamoios km 20 (São José dos Campos)
SP 150: Anchieta km 9,7 (São Bernardo do Campo)
SP 160: Imigrantes km 21,5 (São Bernardo do Campo) e km 62 (São Vicente)
SP 123: Floriano Rodrigues Pinheiro km 28,4 (Pindamonhangaba)
SP 248: Cônego Domenico Rangoni km 1,5 (Santos)

LOTE 2
SP 225: Engenheiro Paulo Nilo Romano km 307,8 (Santa Cruz do Rio Pardo)
SP 270: Raposo Tavares km 442 (Assis) e km 614 (Presidente Venceslau)
SP 294: João Ribeiro de Barros km 410 (Garça) e km 641 (Dracena)
SP 300: Marechal Rondon km 311 (Agudos) e km 525 (Araçatuba)

LOTE 3
SP 304: Luís de Queiroz km 158,8 (Piracicaba)
SP 310: Washington Luís km 170 (Rio Claro); km 274,5 (Araraquara); km 444,2 (São José do Rio Preto) e km 385,8 (Catanduva)
SP 326: Brigadeiro Faria Lima km 410,5 (Barretos)
SP 330: Anhanguera km 371 (Orlândia)
SP 334: Cândido Portinari km 392,1 (Franca)

LOTE 4
SP 65: Dom Pedro I km 72 (Atibaia)
SP 75: Santos Dumont km 62 (Indaiatuba)
SP 330: Anhanguera km 38,5 (Cajamar); km 153,2 (Limeira) e km 248 (Santa Rita do Passa Quatro)
SP 340: Governador Doutor Adhemar Pereira de Barros km 119 (Campinas)
SP 348: Rodovia dos Bandeirantes km 19 (São Paulo) e km 85,7 (Campinas)

LOTE 5
SP 021: Rodoanel km 15 (Barueri)
SP 75: Rodovia do Açúcar km 23,6 (Itu)
SP 127: Antônio Romano Schincariol km 212 (Capão Bonito)
SP 258: Francisco Alves Negrão km 280 (Itapeva)
SP 270: Raposo Tavares km 35 (Cotia)
SP 280: Castelo Branco km 44,8 (Araçariguama) e km 194,5 (Pardinho)

 FONTE: Caderno Metrópole - Jornal ESTADÃO: http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20100217/not_imp512204,0.php