sexta-feira, 26 de abril de 2013


PALAVRAS, PONTOS E VÍRGULAS.

É engraçado, quando há dentro de nos, sentimentos na qual não conseguimos definir.
E o mais engraçado ainda e não encontra motivos suficientes para que estes sentimentos possam aflorar.
Mas motivos são motivos, e provavelmente ainda possam existir motivos suficientes escondidos em algum canto dentro de mim, e como fantasmas surjam para se manifestarem através de um levante conspiratório, e tentar acabar com a harmonia dos meus sentimentos.
Só queria poder ao final da tarde descansar, poder viajar nos meus sonhos, poder beijar minha prole, me revigora nos braços da minha amada.
Mas também sei que faria tudo isto pra esquecer os conflitos e as batalhas travadas no decorrer deste dia.
Sei que às vezes e difícil agir certo, e que coloco a culpa no tempo por ter errado, mas será que quem errou não fui eu.
Hoje à noite, no céu não vai ter o brilho daquela lua de prata, mas com certeza não deixarei de sonhar, por que o brilho das estrelas continuará por lá.
Meu amor o que eu posso jurar, e que eu vivo e eu morreria por você, eu roubaria o sol do céu para você.
Também sei que palavras não podem dizer o que um amor pode fazer, mas eu ainda posso lhe prometer o amanhã.

CTA.'.®© Projetos™ 2014